Você está aqui

Análise do juice Santa Muerte – Arriba Muchachos

 

Neste artigo vou falar sobre o Santa Muerte, um juice de iogurte de blueberry e frutas vermelhas da marca Arriba Muchachos.

Quando estava desenvolvendo seus sabores, a Arriba Muchachos gentilmente enviou samples para que eu provasse e fizesse uma pré-analise de potenciais líquidos que iriam compor seu portfólio. Me contaram que meu feedback foi um dos que contribuíram para o Santa Muerte achar seu caminho até a linha de produção, então com orgulho posso dizer que tive um dedinho de participação no desenvolvimento deste juice, que de lá pra cá só melhorou.

Se quiser saber mais sobre a marca confira nosso raio-x através deste artigo.

Sabor e Vapor


Para analisar o Santa Muerte contei com meu fiel Velocity V2 com uma dual clapton de kanthal A1 resultando em 0.30 ohms. Utilizei o mode power a 70W com pre-heat de 80W por 1 segundo. Como wick usei algodão Cotton Bacon enrolado no método “Scotish Roll”. 

Vamos à descrição oficial do juice:

Santa Muerte não é uma santa como as outras. É conhecida por atender pedidos que nenhum outro santo atende e por ouvir quem não é ouvido. O juice, assim como a Santa Muerte, foge dos padrões: traz uma suave mistura do iogurte cremoso com blueberry e notas de frutas vermelhas.

Para quem não sabe, “Blueberry” é conhecido por aqui pelo nome de “mirtilo” e não é o fruto mais difundido no País devido à necessidade do clima frio para seu cultivo. É da família da Azaléia e caracteriza-se por um fruto doce-azedo de cor azul-roxa.

O sabor do Santa Muerte é bem fiel ao fruto e também possui um aroma bem definido de azedo/doce, com uma combinação de iogurte grego e com fundo de “berry”.

Apesar da combinação de sabores ter muita coisa para dar errado, o iogurte, o blueberry e as frutas vermelhas são perfeitamente equilibrados. A escolha dos ingredientes faz com que apenas um passo em falso seja suficiente para se ter um sabor azedo demais e isso falo por experiência própria. Mas o Santa Muerte se mostra um juice de iogurte suavemente azedo, sem exageros, com o percentual do mirtilo na medida certa, sendo complementado pelas frutas vermelhas ao invés de ter os sabores competindo entre si, que poderia tornar as notas dissonantes.

As frutas vermelhas não são exatamente sentidas como nota específica, servindo mais para aumentar o azedo do mirtilo, que possui uma nota mais doce. O resultado é bem redondo e com sabor muito presente.

Ao vaporar, é possível sentir a suavidade do iogurte e o início do azedo ao inalar, mas é ao exalar que a mágica realmente acontece, com o sabor de mirtilo doce-azedo bem equilibrado e cheio, com a nota doce ficando na boca por um bom tempo após vaporar, tornando o Santa Muerte um dos melhores juices de “berries” que já provei.

O blend de 80% VG e 20% PG é uma escolha que acerta em cheio, pois adiciona muito volume ao juice, encorpando o vapor produzido e auxiliando na propagação do sabor doce, potencializado pela glicerina ser naturalmente adocicada.

Experiência e conclusão


Blackberry, Blueberry e outras berries “frias” com cores azuladas e roxas possuem características de azedo-doce mais suave, diferente do morango que é um “berry” muito mais forte, azedo e pungente. 

Esse sabor é muito bem explorado pela combinação de iogurte e com o complemento das frutas vermelhas, que potencializam o Blueberry sem deixá-lo exagerado. A experiência como um todo é muito agradável, um sabor que permanece com você e que pode ser facilmente escolhido como “all day vape”.

No começo é azedo, no meio é neutro e suave, no final é doce e fica contigo por um tempo.

É uma ótima pedida para fugir dos sabores padrões definidos pelos morangos, bananas e cremes doces que temos no mercado, alem de combinar com praticamente tudo.

Marca Arriba Muchachos
Nome do juice Santa Muerte
Principais notas Iogurte de mirtilo
Site do fabricante Arriba Muchachos

Artigos relacionados

Leave a Comment