Análise: Marca Constellation Steam


Raio-x da marca


As informações contidas neste artigo são válidas para sua data de publicação, podendo ser alteradas pela marca a qualquer tempo.

Nome: Constellation Steam
Sabores:  32
Faixa de preços: R$ 8,00 a R$ 69,60 
Site do distribuidor: http://www.constellationsteam.com
Loja virtual: Sim
Formas de pagamento:  Depósito e PagSeguro

Sobre a Constellation Steam


Recentemente a Constellation Steam comemorou 1 ano de mercado e para tanto lançou seu novo site apresentando uma loja virtual e todos os seus 32 sabores.

Apesar disso, a marca informa trabalhar com DIY há 3 anos, com laboratório próprio e procurando sempre qualidade à preço justo.

E esse custo é uma prioridade para a marca, que oferece alguns dos juices mais baratos do mercado, com opções de 30 ml por R$ 21,60 em sua linha mais simples, o que dá R$ 0,72 por ml. Mesmo sua linha mais completa ainda fica abaixo dos R$ 1,00 por ml, sendo os sabores oferecidos por R$ 24,80.

Comprando frascos maiores é possível economizar ainda mais.

As estrelas e constelações foram os temas adotados e os sabores remetem à seus nomes em grego, árabe e outras fontes. São divididos em 4 linhas, a gold, silver, bronze e atabacados:

Linha Gold

  • Aludra: Hortelã refrescante.
  • Alzir: Manga, mamão e melão.
  • Enif: Mamão, cassis e creme.
  • Giedi: Banana, amendoim e creme.
  • Hamal: Morango, cheesecake, baunilha e creme.
  • Keid: Amendoim, creme e avelã.
  • Regor: Morango, creme e caramelo.
  • Sargas: Morango, frutas e iogurte.

 

Linha Silver

  • Achernar: Amêndoa e baunilha.
  • Alfa Centauri: Piña colada, menta e maçã verde.
  • Ankaa: Piña colada e côco. 
  • Gatria: Halls preto.
  • Gatria II: Halls verde.
  • Heka: Menta e maçã verde.
  • Izar: Bala de café.
  • Kastra: Vitamina de frutas.
  • Rigel: Piña colada e menta refrescante.
  • Tabit: Doce de leite e baunilhas.
  • Wei: Café cappuccino.
  • Zaniah: Tradicional doce de paçoca.

 

Linha Bronze

  • Alchiba: Abacaxi.
  • Alterf: Banana.
  • Gacrux: Maçã verde.
  • Jabbah: Morango.
  • Procion: Avelã.

 

Linha Atabacados

  • Algol: Com hortelã, simula um Lucky Strike.
  • Denebola: Café e doce de leite.
  • Elnath: Seco, com canela.
  • Haldus: Seco, forte, com toque de frutas.
  • Misam: Com avelã.
  • Lucida: Forte, encorpado e defumado.
  • Segim: Cachimbo com toque de mel.

Dá pra perceber que a marca separou as linhas de acordo com a complexidade de suas receitas, apresentando na linha bronze sabores simples com apenas uma essência, na linha silver algumas combinações e na linha gold misturas mais complexas.

Entendo que a oferta de vários sabores tenho por objetivo atingir um público alvo mais diversificado, porém uma quantidade tão grande pode também confundir um pouco na hora da escolha e deixar o consumidor incerto. Note que só de Piña Colada temos 3 variantes diferentes, diversas combinações com morango e uma linha inteira dedicada ao tabaco. 

Mas é provável que eu esteja sendo criterioso demais nessa crítica, afinal é preferível sobrar do que faltar não é mesmo?

Além de tantas opções de sabores, é possível também escolher o tamanho do frasco entre 10ml, 30ml, 60ml e até um grande frasco de 100ml, o nível de nicotina de 0mg, 3mg, 6mg, 9mg ou 12mg e como se não bastasse ainda temos a opção de dois blends de base, uma com 70% VG e 30% PG e outra com 60% VG e 40% PG.

Sim meu amigo, são 1280 possibilidades para você escolher, um pesadelo logístico que só me resta elogiar, pois oferecer tantas opções exigem disciplina, preparação e experiência no mercado.

A loja virtual, recém inaugurada à época deste artigo, apresenta tudo que é necessário para se realizar uma compra online, acrescentando a comodidade do pagamento por cartão de crédito e apesar de tantas opções, é bem estruturado e torna fácil a escolha do sabor, tamanho do frasco, percentual de nicotina e blend. 

O produto


Recebi 4 amostras da marca, 3 delas na embalagem de 10ml (Sargas, Enif e Elnath) e uma na embalagem de 30ml (Aludra).

Todas as embalagens são de plástico escuro e bulbo de borracha, com lacre simples da própria tampa do bulbo.

Ultimamente tenho achado o plástico mais prático, pois apesar de não ter a sofisticação do vidro, é muito mais seguro, já que um dos maiores medos dos vapers é deixar uma embalagem de vidro cair no chão e perder juice para o assoalho. Mas devo criticar que não existe um lacre externo, coisa que já encontrei em outras marcas e no caso do lacre simples escolhido pela Constellation Steam eu não consegui ter a clareza de que a embalagem estava com o lacre intacto ao abri-lo.

O plástico da embalagem é simples, com impressão do rótulo em uma qualidade média, cumpre o seu papel, mas não é nada especial. Imagino ser reflexo do objetivo da marca em baratear custos de produção para oferecer preços menores ao consumidor final, então que seja economizado na embalagem e não na qualidade do líquido.

Os detalhes do frasco de 30ml podem ser lidos sem muitas dificuldades. O adesivo do rótulo possui um corte especial e na parte frontal temos a logo da marca e o nome do juice, bem como a arte gráfica, mas que não apresenta muita definição. Nas laterais, praticamente na parte traseira da embalagem, temos de um lado a identificação da linha (bronze, silver e gold) e informações gerais sobre o produto como a quantidade em ml, a composição do blend em VG e PG e o teor de nicotina.

Do lado oposto do rótulo temos uma lista de ingredientes e o aviso de “mantenha longe do alcance de crianças” e “não ingerir”. Praticamente tudo o que espera-se de uma embalagem de juice, talvez faltando apenas a informações de “destinado ao público maior de 18 anos” ou algo assim.

Já nas embalagens de 10 ml as informações tornam-se completamente ilegíveis, o que é um problema. Entendo que alguns sacrifícios sejam necessários para baratear custos, mas é imprescindível que seja possível ler as informações de um rótulo, mesmo que sejam embalagens menores. Posso ser leniente apenas em casos de samples que o fabricante resolva mandar de brinde para os clientes, mas não em casos de embalagens da linha e neste caso sequer consigo ler, mesmo usando o modo macro da câmera, informações básicas como teor de nicotina.

Outro ponto que não acompanha os concorrentes é a cânula, que tanto na embalagem de 30ml quando nas de 10ml não é de ponta fina, coisa que já virou padrão no mercado. Essa escolha pode se revelar uma grande dor de cabeça na hora de refilar alguns atomizadores.

Outra questão a considerar, porém de menor importância, é que a cânula das embalagens de 10ml acaba sendo grande demais para o frasco e acaba ocupando uma parte do bulbo, tornando difícil apertar para puxar o líquido e posteriormente apertar novamente para colocá-lo no atomizador.

Todas essas questões são pontuais das embalagens e não do líquido em si, escrevo isso já tendo analisado um dos sabores da marca e posso dizer que o produto é ótimo, mas como disse e repito, para manter um valor abaixo do praticado por seus concorrentes é preciso sacrificar algo, não há mágica. Prefiro que seja a embalagem à sofrer do que a qualidade de seu conteúdo.

Juices que já provamos


[pt_view id=”fe40a19hoc”]