Análise do juice Strawberry Fields Forever – Radiola


Estamos quase no final dessa viagem musical em companhia dos sabores da Radiola e hoje vamos falar de um dos últimos juices que temos para analisar, Strawberry Fields Forever, um juice de bolo de morango cremoso com baunilha.

Já falamos em detalhes sobre a Radiola neste artigo e se quiser saber quais métodos utilizamos para nossas análises clique aqui.

Sabor e Vapor


Como de praxe, vamos à descrição oficial:

Uma apaixonante combinação com saborosos morangos do campo mesclados em uma nuvem de alta cremosidade. Notas de creme de baunilha, amor e bolo de avó.

O Strawberry Fields Forever é uma das músicas dos Beetles que pode ser categorizada como Rock Psicodélico, tanto pela sua melodia quanto pela letra e até pelo clipe, lançados em 1967. A dissonância das batidas com os tons de flauta e outros instrumentos lembram as músicas dos “Fair Carnivals”, aqueles famosos mini-parques de diversões típicos de filmes dos anos 80 com ambiente caótico, músicas e iluminação por todo o lado.

Como há essa premissa de interpretar um sabor em conjunto com uma música, o que fiz em todas as análises em um ou outro momento de prova, fica aqui minha crítica que a música Strawberry Fields Forever só combina com o juice no nome, pois minha interpretação de ambos não poderia ser mais oposta. Isso aconteceu também na minha interpretação de outro juice da marca, Cotton Eye Joe, portanto fiz o mesmo e procurei outra sugestão no próprio site da Radiola e vi o nome de Santo & Johnny, dupla de irmãos cantores que eu achei que não conhecia. 

Mas ao procurar pelas músicas, encontrei uma balada chamada “Sleep Walk” tocada ao vivo em um show de 1959 que é apenas instrumental e reconheci na hora, interpretada com um violão e uma guitarra de ferro (uma guitarra tocada na horizontal), a música foi escrita às 2 horas da manhã quando um irmão acordou o outro com ela já composta na cabeça. Foi o maior hit instrumental dos anos 50 que rendeu um disco de ouro aos irmãos, música presente em muitos filmes que inclusive inspirou a música “Sun King” dos Beetles em seu inesquecível álbum Abbey Road.

Sua balada calma com as notas agudas da guitarra horizontal remete a algo romântico, antigo e aconchegante e é isso que eu acho que o juice Strawberry Fields Forever representa, principalmente se pensarmos na descrição cujos ingredientes constam “amor e bolo de avó”.

Strawberry Fields Forever é muito mais do que um bolo de morango com creme e baunilha. O bolo é uma massa caseira molhadinha que se assemelha à massa recém batida que quando criança a gente vivia tentando comer direto da batedeira (e levava umas colheradas na cabeça por conta disso). A baunilha acrescenta um toque levemente amanteigado e o creme é fresco e suave, adicionando uma doçura que combina perfeitamente com a massa. 

No contraste, os morangos são frescos e azedinhos, o que transforma o Strawberry Fields Forever em um verdadeiro bolo de morango com creme e baunilha da vovó, recém feito.

Mesmo com toda a descrição que eu seja capaz de fazer, eu só poderia me repetir e ainda não seria suficiente para descrever o quão agradável é este juice. Suave, equilibrado na medida certa, nem muito doce, nem muito azedo, morangos, creme e baunilha em proporções perfeitas.

O blend de 70% VG e 30% PG é para mim o mais acertado para a maioria dos juices e o equilíbrio ideal entre vapor, viscosidade e propagação de sabor.

Experiência e conclusão


Morango é presença quase obrigatória no repertório de qualquer juicemaker que se preze e não poderia faltar no cardápio da Radiola.

O resultado segue o padrão já conhecido da marca unindo muita qualidade e equilíbrio em seus juices. Apesar de ser um juice muito presente e definido, não deixa sua suavidade de lado, portanto é também, como quase todos os juices da marca, um fácil candidato a all day.